Vasco Cordeiro, Presidente do Governo Regional dos Açores e Armando Pereira, Conselheiro da Rede Prestige, celebraram os Açores, na passada semana, num jantar oferecido pelo embaixador de Portugal nos Estados Unidos, Nuno Brito, em Washington DC.

A iniciativa pretendeu evidenciar a herança açoriana no xadrez da emigração lusa na América, tendo por pano de fundo a semana que conduz ao Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

“Esta noite é uma ocasião maravilhosa para estar e confraternizar tanto com o embaixador, como com os nossos parceiros do PALCUS (Portuguese-American Leadership Council of the United States) e do Congresso”, reconheceu o Secretário da Energia da Administração Norte-Americana, Ernest Moniz, em declarações exclusivas ao jornal LUSO-AMERICANO.

A iniciativa teve como convidado de honra o Presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, e reuniu ainda o embaixador norte-americano em Lisboa, Alan J. Katz; os senadores federais Jack Reed e Sheldon Whitehouse, de Rhode Island; o congressista David N. Cicilline (D-RI); os legisladores federais luso-americanos Devin Nunes (R-CA), Jim Costa (D-CA) e David Valadão (R-CA); os senadores federais Teresa Paiva-Weed (D-RI), Daniel da Ponte (D-RI) e Michael Rodrigues (D-MA) e o presidente do PALCUS, Fernando G. Rosa.

“Estou muito satisfeito por estar aqui hoje com Vasco Cordeiro, que aliás já conheço há vários anos”, disse ao LA o congressista Devin Nunes, que representa o Distrito 22 da Califórnia em Washington, DC e é neto de emigrantes de São Jorge e Pico.

O presidente da Região Autónoma, por sua vez, quis reconhecer a iniciativa do embaixador Nuno Brito, “que no fundo celebra bem a presença de Portugal e de açorianos nos EUA”, dizendo ter-se sentido “em casa desde logo”.

Vasco Cordeiro deixou, através do LA, uma mensagem de saudação aos conterrâneos “que, por necessidade ou por opção, resolveram partir para outras paragens. Pelas suas histórias de sucesso e de afirmação nas comunidades que os acolheram, são motivo de orgulho para todos os açorianos e para o Governo Regional.”

Durante o jantar, ao dirigir-se aos presentes, o embaixador Nuno Brito sublinhou o cariz histórico das relações diplomáticas entre Portugal e os Estados Unidos, que hoje cimentam uma amizade duradoura entre Washington e Lisboa. E, tal como fizeram os Pais Fundadores da nação, ao criarem os Estados Unidos, a noite de celebração da herança açoriana na América aconteceu ao sabor do vinho da Madeira.

Veja as fotografias deste jantar através do seguinte endereço:
http://www.facebook.com/media/set/?set=a.461344420620381.1073742248.1026...

Fonte: Henrique Mano - Portuguese - American Newspaper (http://www.lusoamericano.com/epaper/index.php)
Adaptada por: Rede Prestige Azores