As fibras naturais são um recurso renovável, por excelência, sendo alvo de renovação pela natureza e pelos seres humanos durante milénios. Consideram-se neutras, na ótica do carbono, uma vez que absorvem a mesma quantidade de dióxido de carbono que produzem. O processamento das fibras naturais gera sobretudo resíduos orgânicos, que podem ser utilizados para produção de eletricidade ou construção verde. No fim do ciclo de vida são 100% biodegradáveis.

O leque de aplicações das fibras naturais tem aumentado consideravelmente devidos à investigação técnica e científica conduzida por várias organizações científicas à escala global. Em virtude disso, estes materiais, transformaram-se numa solução alternativa viável em áreas como engenharia, medicina, desporto, arquitetura, design, entre outras.

A revalorização das fibras naturais passa necessariamente pelo aumento do conhecimento científico da área, pelo melhoramento das técnicas de produção, pelo desenvolvimento de novas estratégias de marketing e indelevelmente pelo desenvolvimento de novos produtos à base das mesmas.

No seguimento do sucesso do ICNF2013, que teve lugar em Guimarães – Portugal, centrado no tema “Materiais Sustentáveis para Aplicações Avançadas”, a Segunda Conferência Internacional de Fibras Naturais – ICNF2015 – desenrola-se em torno do tópico “Da natureza ao Mercado”, com o intuito de transferir conhecimento científico facilitando o desiderato do desenvolvimento de produtos inovadores à base de fibras naturais. Nesse sentido, e paralelamente às sessões científicas, será lançado o concurso “Natural Fibernamics Award”, com o intuito de promover e mostrar novos produtos oriundos de todo o mundo.

A ICNF2015 – Da Natureza ao Mercado, que decorrerá em São Miguel, Açores, Portugal almeja ser o ponto de encontro de todos os interessados nos fantásticos materiais que são as fibras naturais.

http://www.icnf2015.fibrenamics.com/